dívidas

Procon faz mutirão para mediação e quitação de débitos bancários

Renegociações ocorrem até o dia 31 exclusivamente pela internet

Para celebrar o Dia Mundial do Consumidor, nesta segunda-feira, o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Santa Maria) realizará o "Mutirão Virtual de Renegociação de Dívidas". A ação ocorre até o dia 31 deste mês, exclusivamente pela internet, por meio da plataforma de solução de conflitos www.consumidor.gov.br.

O mutirão é realizado em conjunto com a Associação Brasileira de Procons (ProconsBrasil) e a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban). O objetivo é restabelecer o equilíbrio do orçamento doméstico das famílias que estão endividadas e precisam manter o nome limpo, longe de qualquer inscrição em cadastros de proteção ao crédito.

Diante da situação difícil enfrentada com a pandemia de Covid-19, esta ação busca viabilizar condições favoráveis ao pagamento, ao ajuste do valor das parcelas, à periodicidade dos pagamentos, à redução dos juros e multas, ou mesmo condições para a quitação do débito que o cidadão tenha com uma instituição financeira.

Sorteio seletivo do Ctism e Politécnico será na próxima semana

De acordo com a coordenadora do Procon Santa Maria, Márcia da Rocha, para participar do mutirão online, basta o consumidor fazer o seu registro na plataforma para receber um login e senha. No próximo passo, o consumidor fará o relato do seu problema, devendo informar que deseja participar do mutirão de renegociação de débitos. Após finalizar o registro, o banco ou a instituição financeira terá prazo de 15 dias para apresentar uma proposta ou resposta para o consumidor.

RGE identifica mais de 2,2 mil 'gatos' na Região Central

O Procon de Santa Maria orienta que o consumidor, no seu relato, informe que está participando do mutirão com a seguinte hashtag: #MutiraoProconsBrasil. Além disso, no momento do preenchimento do registro, o consumidor deverá ter atenção para informar corretamente seus telefones e o e-mail para contato, pois esses dados facilitarão o atendimento por parte de bancos e instituições financeiras participantes.

Assim, terminado o prazo de 15 dias para a resposta do fornecedor, o consumidor passa a ter o prazo de 20 dias para avaliar o retorno dado pela empresa e se a resposta foi satisfatória.  

Internet

wpp.png