literatura

Feira do Livro ocorre de 1º a 16 de outubro

Evento divulga homenageados. Programação e inscrições para lançamentos devem sair nos próximos dias

18.405
Foto: Foto: Gabriel Haesbaert (arquivo / Diário)

Foto: Gabriel Haesbaert (arquivo / Diário)

A Feira do Livro de Santa Maria ocorre de 1º a 16 de outubro, na Praça Saldanha Marinho, com 30 barracas em nova configuração espacial, respeitando o distanciamento. A Comissão Organizadora da Feira do Livro de Santa Maria divulgou, na tarde desta segunda-feira, os nomes do Patrono e dos Homenageados da edição 2021. A assessoria de imprensa informa que nos próximos dias devem ser duvulgadas as informações sobre os convidados do Livro Livre e da abertura das inscrições para lançamentos de livros. O patrono é o escritor Leonardo Brasiliense, o professor homenageado é Lucas Visentini e a homenageada é a professora e poeta Neiza Leite Veleda.

Confira abaixo um resumo da trajetória dos homenageados:

Leonardo Brasiliense

Nascido em São Gabriel em 1972, formou-se em Medicina na Universidade Federal de Santa Maria e trabalha na Receita Federal. Tem uma vasta produção de livros, muitos detentores de prêmios importantes de literatura: O desejo da Psicanálise (teoria psicanalítica, Sulina, 1999), Meu sonho acaba tarde (contos, WS Editor, 2000), Desatino (contos, Sulina, 2002), Adeus conto de fadas (minicontos juvenis, 7 Letras, 2006, prêmios Jabuti e Açorianos e selecionado para o Programa Nacional Biblioteca da Escola 2009 e 2013), Olhos de morcego (contos, 7 Letras, 2007), Whatever (novela juvenil, Artes e Ofícios, 2009, selecionado para o PNBE 2011), Três dúvidas (novelas, Companhia das Letras, 2010, Prêmio Jabuti), Sofia e Mônica (novela juvenil, Edelbra, 2014), Corpos sem pressa (minicontos, Casa Verde, 2014, finalista do prêmio Açorianos), Decapitados (novela, Saraiva/Benvirá, 2014), Roupas sujas (romance, Companhia das Letras, 2017, Prêmio Minuano e finalista dos prêmios Jabuti e São Paulo) e Eu vou matar Maximillian Sheldon (contos, Coralina, 2019). Escreve também roteiros de cinema e TV e, nas horas vagas, dedica-se à fotografia.

Lucas Visentini

Professor da Rede Municipal de Ensino de Santa Maria, onde desenvolve o Projeto Literaturando: literatura, cultura, cidadania e ciência no Ensino Fundamental. Doutor em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), é também escritor, pesquisador e editor. Publicou os livros Neto e a Boca do Monte (Academia Santa-Mariense de Letras), Da Desfaçatez das Palavras (Editora e Gráfica Caxias), Céu, Sol e Mar: a travessia (Edição do Autor). Recebeu o Prêmio Paulo Freire Talentos em Educação - Câmara Municipal de Santa Maria (2019).

Neiza Leite Veleda

Detentora da cadeira número 23 da Academia Santa-mariense de Letras (ASL). Foi professora universitária e, entre 1963 e 1986, deu aulas no curso de Letras da UFSM. Nascida em Bagé, Neiza chegou à Santa Maria em 1963.Publicou dois livros de poemas, Sob o Céu de Santa Maria e Eu Era Verde. Em 2018, foi a mais votada entre os Destaques da ASL no gênero conto pelo trabalho na última antologia publicada pela academia. Morreu em 2019, aos 100 anos.

(Com informações da Assessoria de Imprensa da feira do Livro)

Internet

wpp.png