região

Suspeito de matar a sogra em Santa Catarina é preso em Júlio de Castilhos

Crime aconteceu em Chapecó, no dia 8 de setembro. Jovem de 29 anos também teria tentado matar o ex-sogro e a ex-companheira

18.427



Um foragido da Justiça Catarinense suspeito de um feminicídio foi preso em Júlio de Castilhos. A prisão aconteceu no Bairro Independência na tarde de sexta-feira. Ele é apontado como suspeito de executar a sogra na cidade de Chapecó.

A Brigada Militar (BM) receberam informações de que um foragido estaria na cidade. Policiais do Serviço de Inteligência (SI) fizeram buscas pelo bairro para identificar o suspeito e ver em que casa ele estava morando. Após isso, policiais realizaram a abordagem ao suspeito e ao consultarem o sistema do banco nacional de foragidos, os policiais confirmaram a identidade do suspeito e o mandado de prisão. 

Incêndio consome antigo Hotel Cura Cone Sul, no bairro Nossa Senhora de Lourdes

Ele foi levado à Delegacia de Polícia (DP) onde foi feito o registro da ocorrência da captura e depois ele foi encaminhado ao Presídio Estadual de Júlio de Castilhos. Ele é apontado pela Polícia Civil de Chapecó, Santa Catarina como autor da morte de Sandra Mara Ferreira, de 42 anos, no Distrito de Marechal Bormann, em Chapecó no dia oito de setembro.

Conforme informações do Clic RDC, no dia do crime, o preso chegou na casa da ex-sogra armado e disparou seis vezes contra Sandra Mara. Além do crime de homicídio consumado qualificado pelo feminicídio, ele também é suspeito de homicídio doloso tentado ou lesão corporal grave ou gravíssima contra o ex-sogro, homicídio tentado qualificado pelo feminicídio contra a ex-companheira e descumprimento de medidas protetivas de urgência.


Internet

wpp.png