fim do papel

Justiça Estadual já digitalizou mais de 520 mil processos

Preparação dos arquivos em papel para incluí-los no sistema eletrônico do TJ-RS começou em 2019

Foto: Foto: Pedro Piegas (Diário)

Foto: Pedro Piegas (Diário)

A digitalização dos processos físicos avança no Judiciário Estadual. Segundo o Tribunal de Justiça (TJ-RS), mais de 523 mil processos foram digitalizados até a segunda-feira. O trabalho está sendo realizado por empresas vencedoras das licitações, em parceria com servidores e estagiários de força-tarefa especialmente montada para essa finalidade.

Adolescente leva choque e tem parada cardíaca em Santa Maria

Até segunda, todos os cinco lotes licitados foram homologados e quatro contratos foram assinados com as empresas Metrofile Brasil Gestão da Informação, Selbetti Gestão de Documentos, NC Comércio e Serviços e Tecfy Tecnologia e Sistemas. De um total orçado de R$ R$ 42,97 milhões orçados para o serviço, o Tribunal informa ter obtido uma economia de mais de R$ 18 milhões, correspondendo a 42% com os processos licitatórios.

Em Santa Maria, Faxinal do Soturno, Lavras do Sul, Restinga Sêca, São Francisco de Assis e São Gabriel, além de outras cinco cidades, foram digitalizadas desde 6 de setembro até agora 690,7 mil páginas de 4.445 processos físicos. Nesses municípios, o serviço é de responsabilidade da NC Comércio e Serviços e custará R$ 4,9 milhões.

Internet

wpp.png