feminicídio

Idosa é morta a tiros dentro de casa em São Gabriel

Principal suspeito do assassinato é o companheiro da vítima que teria tirado a própria vida após o crime

18.429
Foto: Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Uma idosa de 67 anos foi morta com pelo menos dois tiros na manhã desta quarta-feira, em São Gabriel. O principal suspeito do crime é o companheiro da vítima, de 70 anos, que teria tirado a própria vida após o assassinato. O crime aconteceu por volta das 11h15min, no Bairro Mariana. A vítima foi identificada como Orosina de Vargas Marinho e o suspeito como Versival da Silva. Esse é o segundo feminicídio do ano registrado na cidade. 

Acidente entre dois carros deixa uma pessoa ferida em Santa Maria

Conforme informações apuradas pela Polícia Civil, após uma discussão entre o casal, o homem teria assassinado a mulher dentro da residência na Rua do Salso.

A Polícia Civil e a Brigada Militar foram acionadas e isolaram o local. Até o começo da tarde desta quarta, a perícia ainda não havia chegado.

PRIMEIRO CASO REGISTRADO NA CIDADE
Em 31 de janeiro, Miriam Gelsdorf, 46 anos, foi morta na casa onde morava na Rua Rafael Pascotin. O principal suspeito do crime é o ex-companheiro da vítima, de 50 anos, que está preso desde fevereiro. No dia do crime, os policiais encontraram a residência desorganizada e com alguns objetos quebrados. Miriam foi encontrada nos fundos da residência com uma corda no pescoço.

Conforme a Polícia Civil, a tentativa de reatar o relacionamento teria sido a motivação do assassinato. O ex-companheiro da vítima foi indiciado por feminicídio qualificado por asfixia e pelo fato da vítima ser mulher. 

Internet

wpp.png