fiscalização

Força-tarefa encerra festa e interdita bar com cerca de 100 pessoas cada

Casos aconteceram entre a noite de sexta-feira e a madrugada deste sábado nos bairros Uglione e Patronato

Foto: Foto: Guilherme Scapin Borges (prefeitura)

Foto: Guilherme Scapin Borges (prefeitura)

Uma força-tarefa da Fiscalização Municipal Integrada encerrou uma festa particular e interditou um bar entre a noite de sexta-feira e a madrugada desta sábado, em Santa Maria. Nos dois locais havia aproximadamente 200 pessoas. Os responsáveis pela festa e pelo bar foram autuados por descumprimento do decreto Executivo. 

Alunos da Escola de Sargentos da BM começam a atuar nas ruas de Santa Maria

O primeiro caso aconteceu no final da noite de sexta-feira, no Bairro Uglione. Conforme a prefeitura, uma festa estava sendo realizada em um pavilhão particular, na Rua Carlos Uhr. No local havia cerca de 100 pessoas. A fiscalização teria sido impedida de entrar no pavilhão, mas foi solicitado o encerramento da festa. O responsável pela organização recebeu um auto de infração por dificultar a fiscalização e realizar festa ou evento sem autorização.

Foto: Guilherme Scapin Borges (prefeitura)/
Além de promover uma festa com cerca de 100 pessoas, bar não tinha licença ou alvará de localização

Já na madrugada desta sábado, após uma denúncia, a fiscalização esteve em um bar na Avenida Walter Jobim, no Bairro Patronato, que funcionava fora do horário permitido e promovia um evento com aproximadamente 100 pessoas. O local era fechado, sem ventilação, e a maioria das pessoas não usavam máscara de proteção e consumiam bebidas alcoólicas. Foi verificado, também, que o estabelecimento não possuía licença ou alvará de localização.

As pessoas foram dispersadas. O responsável pelo local, além de ser foi notificado, teve o estabelecimento comercial interditado cautelarmente pelo prazo máximo de 90 dias.

Nas duas situações, os responsáveis não respeitaram o limite determinado pelo Plano de Ação da Associação dos Municípios da Região Central (AM-Centro), que prevê 30 pessoas, no máximo, em eventos em locais abertos ou fechados.

Lei que proíbe carroças na área central da cidade entra em vigor

Ainda durante a noite, a força-tarefa fez vistorias em vários pontos da cidade e não houve outros registros de aglomeração de pessoas. Desde o dia 7 de junho, a Guarda Municipal atua diariamente com um posto fixo em frente à Igreja do Rosário. No local, o reforço no efetivo da fiscalização segue como alternativa para coibir aglomeração de pessoas em via pública. 

Neste sábado e no domingo, a Fiscalização Municipal Integrada, formada pelos formada pelos servidores da Guarda Municipal, da Coordenadoria de Trânsito e Mobilidade Urbana, da Vigilância em Saúde e da Secretaria de Licenciamento e Desburocratização, com apoio da Brigada Militar e da Polícia Civil, segue com ações intensivas nos três turnos.

Denúncias de descumprimento das medidas podem ser feitas à Guarda Municipal pelos números 153, (55) 99217-8122, 99167-4728 e 99167-8452 (celulares somente via WhatsApp).

Internet

wpp.png