trânsito

Ciclista morre atropelado por caminhão em Santa Maria

Acidente aconteceu na BR-392 pouco depois das 8h da manhã desta segunda-feira

18.427


Foto: Rafael Menezes
Motorista do caminhão trafegava pela BR-392 próximo ao trevo com a BR-158 quando acabou atropelando o ciclista, que não resistiu aos ferimentos

Um homem de 54 anos morreu em um acidente de trânsito na manhã desta segunda-feira em Santa Maria. O acidente entre um caminhão e um ciclista aconteceu na BR-392, pouco depois das 8h da manhã. 

Conforme mostram as imagens, o caminhão trafegava sentido Santa Maria-São Sepé, em frente a empresa GP pneus quando aconteceu o acidente. Uma ambulância dos bombeiros chegou a ser chamada, mas quando os socorristas chegaram ao local, a vítima já estava morta. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi chamada para sinalizar o trânsito e fazer o registro da ocorrência do acidente. 

Jovem é executado em Tupanciretã

Policiais da equipe volante da Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento (DPPA) e da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) também foram acionados para fazer o registro da ocorrência de crime de trânsito e apurar as causas do acidente. Peritos do Instituto-Geral de Perícias (IGP) foram acionados para fazer o levantamento do local do acidente.  

MOTOCICLISTA MORRE AO BATER EM CAMINHÃO

No final da tarde de domingo, um motociclista de 42 anos morreu em um acidente de trânsito em Santa Maria. O acidente aconteceu na Avenida João Machado Soares, no Bairro Camobi por volta das 18h. A vítima foi identificada como Joel Rodrigues.

Conforme o registro feito pela Brigada Militar (BM), a vítima trafegava pela avenida e teria ultrapassado um ou dois veículos e ao retornar para a via acabou batendo na traseira de um caminhão e caiu no chão. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi ao local, mas a vítima não resistiu aos ferimentos.

A BM isolou o local e acionou a equipe volante da Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento (DPPA) da Polícia Civil foi ao local para fazer o registro da ocorrência. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) que também investiga crimes de trânsito vai investigar o acidente.

Até a publicação desta reportagem, não haviam definido local e horário do velório e sepultamento. 

Internet

wpp.png