tumulto

Ambulantes jogam frutas em fiscais durante abordagem

Fiscais faziam ação contra venda ilegal em espaços públicos. Corpo de Bombeiros precisou fazer lavagem na pista

Foto: Maurício Barbosa (Bei)
Embalagens e pedaços das frutas ficaram espalhados pela rua após a lavagem da pista

Ações de agentes do setor de fiscalização da prefeitura de Santa Maria terminaram na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) da Polícia Civil (PC) na tarde desta quinta-feira. Três homens foram detidos e depois liberados. Diversas frutas foram recolhidas.

VÍDEO: após três homicídios, operação mira briga de facções

Segundo Santo Alciomar da Silva Cordeiro, Superintendente da Guarda Municipal, as abordagens são diárias e motivadas por denúncias de comerciantes que tem lojas fixas e pagam impostos para trabalhar. Três ações foram desencadeadas, uma delas na Rua Floriano Peixoto esquina com a Rua Alberto Pasqualini. No local, um ambulante que vendia morangos foi abordado. Ele teria se negado a entregar o material e dito que só entregaria na polícia. Os fiscais encaminharam ele até a DPPA, onde foi feito o registro por desobediência. Ele teve 32 bandejas de frutas apreendias e um carrinho de mão. 

Acidente entre caminhão-cegonha e caminhonete deixa duas pessoas feridas

A segunda abordagem aconteceu na Avenida Presidente Vargas esquina com a Avenida Borges de Medeiros, onde cinco ambulantes estavam trabalhando. Os fiscais recolheram o material que eles vendiam. 

TUMULTO
Na terceira abordagem, na esquina da Avenida Presidente Vargas com a Avenida Liberdade os ambulantes teriam se revoltado e começaram a atirar as frutas no carro da fiscalização da prefeitura. A Guarda Municipal e a Brigada Militar (BM) foram chamadas para dar apoio aos fiscais. Todos os envolvidos foram levados à delegacia para o registro da ocorrência e o material foi apreendido. Vídeos do momento em que os ambulantes atiravam frutas no carro dos fiscais eram compartilhados nos grupos de WhatsApp. Eles vão responder na justiça por dano ao patrimônio. 

Médica sequestrada em Erechim é resgatada com vida pela Polícia

Fiscais de trânsito foram chamados para organizar o trânsito no local, porque devido a quantidade de frutas na pista, os veículos estavam escorregando e podia causar acidente. Um caminhão dos bombeiros foi acionado para fazer a lavagem da pista. 

Internet

wpp.png